Resolução sobre HIV/AIDS

Baptist World Alliance Logo

Resolução do Conselho Geral do BWA 2001.5

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Charlottetown, Ilha do Príncipe Eduardo, Canadá, 2-7 de julho de 2001

RECONHECE as resoluções anteriores do Conselho Geral relativas à continuação da crise da AIDS;

LAMENTA a rápida propagação da crise do HIV/AIDS, particularmente na África subsaariana, o impacto devastador desta doença nas famílias e comunidades, e a falta de recursos econômicos e médicos suficientes para enfrentar suas causas, prevenção e tratamento;

DECLARA que um estilo de vida e valores sexuais cristãos, incluindo o modelo bíblico de castidade fora do casamento e fidelidade dentro do casamento, é um meio significativo de limitar a propagação do HIV/AIDS;

REAFIRMA que, independentemente da causa da infecção, todo portador de HIV/AIDS deve ter acesso a cuidados médicos apropriados e adequados;

APELA aos Batistas de todo o mundo para:

  • rezar por todas as vítimas do HIV/AIDS e por aqueles que cuidam delas e as apóiam;
  • encorajar os profissionais de saúde que atendem às necessidades daqueles que sofrem de HIV/AIDS;
  • apoiar os pastores e outros ministros que prestam cuidados espirituais aos portadores do HIV/AIDS e suas famílias;
  • encorajar as instituições teológicas a considerar a inclusão em seu currículo de treinamento especializado para pastores e ministros para cuidar dos portadores de HIV/AIDS e suas famílias;
  • promover e incentivar programas de educação, prevenção e tratamento do HIV/AIDS, que sejam consistentes com os valores bíblicos da família;
  • trabalhar através das igrejas e comunidades para responder com orações, amor e compaixão às vítimas do HIV/AIDS, suas famílias e pessoas que cuidam delas;
  • defender o financiamento pelos governos e outras fontes para a educação, prevenção e tratamento do HIV/AIDS;
  • demonstrar a compaixão de Cristo por aqueles que sofrem o impacto do HIV/AIDS; e

EXORTA os batistas a reconhecerem e atenderem as necessidades espirituais das pessoas afetadas pelo HIV/AIDS.

Citações

Bibliografia de fonte original: Lotz, Denton, editor. Anuário da Aliança Mundial Batista 2001: Ata da Reunião do Conselho Geral e Diretório. Falls Church, VA: Baptist World Alliance, 2001.

Fonte Original Nota de Rodapé/Endnote: Denton Lotz, ed., Anuário da Aliança Mundial Batista 2001: Ata da Reunião do Conselho Geral e Diretório (Falls Church, VA: Baptist World Alliance, 2001), pp. 96-97.

Citação completa do documento em texto online: Resolução do Conselho Geral do BWA 2001.5 Resolução sobre HIV/AIDS;

https://o7e.4a3.myftpupload.com/resolutions. Citação de documentos on-line em texto: (Resolução do Conselho Geral do BWA 2001.5).

Para mais informações sobre as resoluções da Aliança Mundial Batista, visite BaptistWorld.org/resoluções.

Desde a sua formação em 1905, a Aliança Batista Mundial tem colocado em rede a família batista global para impactar o mundo para Cristo com um compromisso de fortalecer o culto, a comunhão e a unidade; liderar em missão e evangelismo; responder às pessoas necessitadas através de ajuda, alívio e desenvolvimento comunitário; defender a liberdade religiosa, os direitos humanos e a justiça; e avançar na reflexão teológica e no desenvolvimento de lideranças.

Últimas notícias

2022 BWA Annual Gathering Focused on Racial Justice (Encontro Anual do BWA)

(BIRMINGHAM, AL - 22 de julho de 2022) O foco temático e o desenvolvimento do conteúdo para o Encontro foi amplamente facilitado pelo Grupo de Ação de Justiça Racial do BWA lançado em outubro de 2020 com a afirmação unânime do Comitê Executivo do BWA. Co-presidido pelo Secretário Geral da BWA Elijah M. Brown e pelo Primeiro Vice Presidente da BWA Karl Johnson da Jamaica, o Grupo de Ação embarcou em uma jornada de dois anos

Comitê Executivo lança declaração sobre a crise ucraniana

(FALLS CHURCH, VIRGINIA, EUA - 25 de março de 2022) Em conjunto com suas reuniões do Comitê Executivo realizadas este mês, o Comitê Executivo da Aliança Mundial Batista (BWA) divulgou uma declaração conjunta em resposta à crise na Europa Oriental. Esta é a primeira declaração de seu tipo divulgada pelo Comitê Executivo em mais de 40 anos.