200º Aniversário da Aprovação da Lei para Abolir o Comércio de Escravos nas Colônias Britânicas

Baptist World Alliance Logo

Resolução do Conselho Geral do BWA 2007.1

O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:

Resolve comemorar neste cenário histórico os duzentos anos do início da abolição do tráfico de escravos.

Admite uma longa história de escravidão humana que tem quebrado famílias, roubado identidades, despojado de dignidade e infligido dor profunda e inexprimível.

Confessa nosso próprio silêncio pecaminoso e histórias vergonhosas de envolvimento implícito e cúmplice.

Reconhece e aprecia aqueles que já pediram desculpas pública e formalmente e se arrependeram do envolvimento deles e de sua nação nestes monstruosos atos contra a humanidade.

É um agradecimento aos numerosos homens e mulheres que lutaram pela verdade e justiça, que se recusaram a aceitar a escravidão dos seres humanos, resistiram à opressão forçada e viveram vidas de perseverança e sentido. Embora freqüentemente deixados sem nome, sua história coletiva é verdadeiramente poderosa.

Convocatória:

Liberdade para os 27 milhões ainda presos na escravidão moderna em todo o mundo - do Brasil a Bangkok.

Liberdade dos sistemas globais de injustiça econômica e exploração que criam as circunstâncias que fomentam a escravidão.

Liberdade de todas as formas de racismo e fanatismo que degradam nossas sociedades.

Liberdade de nosso silêncio diante das realidades acima.

Apela ainda aos Batistas de todo o mundo para que se oponham a esta contínua e difundida instituição maligna, apoiem os esforços para erradicá-la, estudem a história a fim de isolar suas causas e informar nosso presente, e ministrem compassivamente aos que estão presos por ela.

Resolvemos em oração unir as mãos, recusar a celebração até que a liberdade seja encontrada para todos.

Citações

Bibliografia de fonte original: Callam, Neville, editor. Anuário da Aliança Mundial Batista 2007: Ata da Reunião do Conselho Geral e Diretório. Falls Church, VA: Baptist World Alliance, 2007.

Fonte Original Nota de Rodapé/Endnote: Neville Callam, ed.., Anuário da Aliança Mundial Batista 2007: Ata da Reunião do Conselho Geral e Diretório (Falls Church, VA: Baptist World Alliance, 2007), p. 93.

Citação completa do documento online: Resolução do Conselho Geral do BWA 2007.1 200º Aniversário da Aprovação da Lei para Abolir o Comércio de Escravos nas Colônias Britânicas; https://o7e.4a3.myftpupload.com/resolutions.

Citação de documentos on-line em texto: (Resolução do Conselho Geral do BWA 2007.1).

Para mais informações sobre as resoluções da Aliança Mundial Batista, visite BaptistWorld.org/resoluções.

Desde a sua formação em 1905, a Aliança Batista Mundial tem colocado em rede a família batista global para impactar o mundo para Cristo com um compromisso de fortalecer o culto, a comunhão e a unidade; liderar em missão e evangelismo; responder às pessoas necessitadas através de ajuda, alívio e desenvolvimento comunitário; defender a liberdade religiosa, os direitos humanos e a justiça; e avançar na reflexão teológica e no desenvolvimento de lideranças.

Últimas notícias

2022 BWA Annual Gathering Focused on Racial Justice (Encontro Anual do BWA)

(BIRMINGHAM, AL - 22 de julho de 2022) O foco temático e o desenvolvimento do conteúdo para o Encontro foi amplamente facilitado pelo Grupo de Ação de Justiça Racial do BWA lançado em outubro de 2020 com a afirmação unânime do Comitê Executivo do BWA. Co-presidido pelo Secretário Geral da BWA Elijah M. Brown e pelo Primeiro Vice Presidente da BWA Karl Johnson da Jamaica, o Grupo de Ação embarcou em uma jornada de dois anos

Comitê Executivo lança declaração sobre a crise ucraniana

(FALLS CHURCH, VIRGINIA, EUA - 25 de março de 2022) Em conjunto com suas reuniões do Comitê Executivo realizadas este mês, o Comitê Executivo da Aliança Mundial Batista (BWA) divulgou uma declaração conjunta em resposta à crise na Europa Oriental. Esta é a primeira declaração de seu tipo divulgada pelo Comitê Executivo em mais de 40 anos.