O Deus que está conosco

“Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.” (Mateus 1.23)

Mais uma vez o Natal está chegando. Não como um sedativo para acalmar nossos nervos quando eventos turbulentos lançam a tristeza para dentro de lugares onde a felicidade outrora reinou. Não como um remédio para soerguer o nosso espírito quando o sofrimento indescritível traz lágrimas aos nossos olhos e medo à nossa mente.

O Natal está chegando! Não como um paliativo para amortecer a nossa dor quando somos inundados pela correnteza que se levanta e ameaça engolir-nos. Não como um momento de iluminação artifical para nos ajudar a enfrentarmos as trevas que nos cegam diante das alegrias reais de que podemos desfrutar nesta terra.

O Natal está chegando para nos trazer à memória uma verdade indisputável: o Deus a quem servimos não está distante do mundo, vestido de extraordinária auto-suficiência, cercado de esplendor glorioso, indiferente à condição pecaminosa humana, e intocado pela impureza.

É verdade que Deus é transcendente, distante dos caprichos da vida, disassociado das limitações da existência terrena, e reinando em perfeita paz. No entanto, há mais sobre Deus que ainda não conhecemos.

No Natal, lembramos que Deus entra na agitação da nossa vida. Por causa do Seu amor pela criação, Deus envia Jesus, o Filho, a este mundo, para abrir-nos o caminho para o reino acima, no qual as tribulações da terra não podem ser comparadas com as bênçãos do céu.

Jesus vem. Ele vê e experimenta as circunstâncias apavorantes nas quais muitos estão lutando para sobreviver. Ele cheira o odor de um estábulo e sente os efeitos da pobreza. Junto com Sua família terrena, Ele enfrenta o pavor causado pelo abuso do poder político, e sofre a luta daqueles que são relegados à condição de refugiados.

O Natal chegou! E quando Jesus vem, um coro de anjos explode em cânticos; os pastores vêm dos campos; e os magos se deslocam de longe para adorá-Lo.

O Deus que Jesus revela é transcendente – Aquele que está acima de nós. Mas Deus tambem é imanente – Aquele que está ao nosso lado e à nossa volta. Esse é o Deus que está conosco num mundo habitado pela tristeza, desapontamento e desespero.

Eis as Boas Novas para todos nós, incluindo os que se sentem presos a circunstâncias difíceis. Não estamos sós. Deus está conosco. E quando Deus vem até nós, a esperança vem sobre nós, o louvor sai de dentro de nós, e, a despeito das hostes espirituais da iniquidade, experimentamos paz em plena tempestade.

Neville Callam
Secretário-geral
Aliança Batista Mundial

(Tradução em Português: Fausto Vasconcelos)